•  

      20_anos_SOBRATT  CERTIFICACAO   SEJA_UM_APOIADOR

05/06/2018 – Ferramentas online permitem trabalho remoto e minimizam efeitos de greve (05/06/2018)

Por  Redação E-Commerce News | 05/06/2018

Como consequência da paralisação dos caminhoneiros, as cidades enfrentaram escassez de combustível, o que complicou o deslocamento de trabalhadores, tanto de carro particular quanto de transporte público. A dificuldade para garantir a presença de funcionários foi minimizada por empresas que usam ferramentas de trabalho remoto, capazes de manter a produtividade e a agilidade de suas equipes.

De acordo com Reginaldo Stocco, co-fundador e CEO da VHSYS, startup de gestão empresarial, ferramentas como o Google Docs e Google Drive colaboram para evitar prejuízo derivado de faltas involuntárias e auxiliam no trabalho colaborativo. “Na nossa empresa, unificamos todos os documentos na ferramenta Google Docs e iniciamos os trabalhos colaborativos usando como comunicador o Hangouts. Além de ser uma opção inteligente nas empresas em períodos como o que presenciamos recentemente, nós ainda garantimos a satisfação dos colaboradores, que não se sentem pressionados ou estressados com o trânsito complicado”, explica.

Uma pesquisa sobre o futuro do trabalho, feita pelo site Transformação Digital, mostrou que mais de 40% dos entrevistados já praticam o home office em suas organizações e utilizam ferramentas de trabalho remotas, que incluem aplicações de produtividade, sistemas em rede, planilhas, documentos, armazenamento em nuvem, entre outros. “O caso da greve dos caminhoneiros é apenas um exemplo, mas o surgimento de ferramentas de trabalho remoto trouxe não apenas fôlego renovado, como também  muita organização para as empresas. Hoje, sempre que tenho oportunidade, apresento algumas dessas ferramentas aos empresários, pois além de serem gratuitas, também proporcionam um aprendizado em conjunto com os funcionários. O modelo é uma tendência de mercado que acompanha o perfil da geração Y e Z”, diz.

E o ponto?

Além de oferecer ferramentas de trabalho remoto, também é possível realizar a gestão do trabalho a distância dos funcionários por meio do ponto eletrônico. A startup PontoMais, que oferece este serviço, tem opções de ponto via celular, tablet ou computador, que podem ser utilizadas mesmo pelas empresas que ainda têm o relógio de parede. O ponto pode ser marcado por meio de QR Code e de reconhecimento de foto do colaborador até mesmo se não houver conexão com a internet.

“A vantagem é ter um controle tanto das horas trabalhadas quanto de horas extras e agilizar o trabalho do RH, que não precisa se preocupar em conferir os horários manualmente. Com esse sistema, também é possível automatizar a compensação de horas trabalhadas, controlar banco de horas, jornadas específicas, escalas e outras demandas específicas em momentos turbulentos ou como rotina”, afirma o CEO da Pontomais, Hendrik Machado.

Veja algumas ferramentas gratuitas que podem ser usadas no trabalho remoto

Google Docs – Pacote de aplicativos do Google para edição colaborativa de texto. Funciona totalmente on-line diretamente no browser.
Dropbox e Google Drive – Para armazenamento e compartilhamento de arquivos em nuvem.
Trello – Aplicativo de gerenciamento de projeto.
Mindmeister – Software de mapeamento mental online para brainstorms de forma colaborativa.
Skype – Comunicação pela Internet por meio de conexões de voz e vídeo.

<< Voltar