•  20_anos_SOBRATT   selo-sobratt    selo-apoiador

01/01/2019 – Quem pode ser um bom FUNCIONÁRIO REMOTO? (02/01/2019)

quempode

Trabalhar em casa é um privilégio que chama a atenção com benefícios reais, mas as empresas devem oferecê-lo a todos os profissionais, independentemente do cargo? Um novo estudo mostra que há um tipo específico de funcionário que se encaixa perfeitamente como um bom candidato para o trabalho remoto.

De acordo com um estudo da Baylor University, algumas características precisam ser analisadas. Trabalhar em casa pode ser ótimo para funcionários mais estressados, pois vão ficar livres das interações pessoais. Da mesma forma, apenas aqueles que são responsáveis o suficiente para gerenciar seu fluxo de trabalho deveriam poder trabalhar remotamente. Os procrastinadores ficam fora dessa lista, já que podem perder completamente o controle do trabalho e de suas vidas.

Leia o estudo completo aqui.

Como o estudo indica, tudo se resume à maturidade emocional:

“Em dois estudos de campo, funcionários com alta estabilidade emocional relatando altos níveis de autonomia experimentaram os níveis mais baixos de tensão, com relações negativas entre a extensão do trabalho remoto e a tensão. Em contraste, funcionários com baixa estabilidade emocional que também têm alta autonomia parecem mais suscetíveis à tensão, e isso pode aumentar quando eles trabalham remotamente com mais frequência. O estudo revelou que funcionários com alta estabilidade emocional e alta autonomia parecem estar melhor posicionados para atender às suas necessidades de autonomia e relacionamento, mesmo quando o trabalho remoto é mais frequente; estes, por sua vez, reduziram a probabilidade de tensão”.

Ao pensar sobre funcionários qualificados para trabalho remoto, considere com que frequência eles precisam de orientação. Se você tiver que revisitar metas e diretrizes com frequência, manter esse tipo de funcionário perto o suficiente para passar por sua mesa de vez em quando é provavelmente sua melhor opção.

Os funcionários que brilham ou fazem o trabalho sem muito alarde são ótimos candidatos. Aqueles que são talentosos, colaborativos e principalmente autônomos geralmente são excelentes no home office.

ADORO HOME OFFICE – Márcia Breda

<< Voltar